Demissões em massa: Após protesto no CAB, rodoviários da RMS agendam nova rodada de negociação

outubro 02, 2017

Foto: Lícia Fontenele/TV Aratu


Os ônibus que integram o sistema da Região Metropolitana de Salvador voltaram a circular normalmente por volta das 15h desta segunda-feira (2/10), após representantes da categoria se reunirem com a promotora Rita Tourinho, do Ministério Público da Bahia (MP-BA).


De acordo com a assessoria do Sindmetro Bahia Rodoviários, sindicato que representa a categoria, os trabalhadores não aceitam as demissões em massa que teriam começado após o início do processo de integração do ônibus com o metrô.

"Com a chegada do metrô à Estação Mussurunga, 67 ônibus estão desativados. E, até janeiro, quando o metrô chegará em Lauro de Freitas, a redução será de 35% do total da frota, que hoje são de 450 ônibus", disse Fernandes, acrescentando que a categoria quer que haja uma discussão sobre a relocação dos postos de trabalho.

Por conta da manifestação, 153 ônibus da empresa BTU, 80 da Costa Verde, 80 da Dois de Julho, 65 da VSA e 22 da Liz e Linha Verde deixaram de circular, segundo informações do Sindmetro.

Um novo encontro foi agendado para o dia 10/10. Até lá, a expectativa é de que o serviço funcione normalmente, sem novas paralisações. Nesta segunda, os trabalhadores não cumpriram a promessa de “travar a Paralela”, mas novas manifestações devem acontecer, caso as partes não cheguem a um acordo.


Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias