Camaçari: Secretaria da Saúde presta contas do 2° quadrimestre em Audiência Pública

outubro 10, 2017




A Câmara Municipal realizou, nesta segunda-feira (09/10), uma Audiência Pública para Prestação de Contas do trabalho realizado pela Secretaria da Saúde (Sesau) no 2° quadrimestre de 2017.

Presidida pela Comissão de Finanças e Orçamento da Casa Legislativa, a audiência atendeu a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal, e teve como objetivo apresentar aos vereadores e população a receita e despesa da Sesau, no período entre maio e agosto, além de informar as ações realizadas na área da saúde.


Na Atenção Básica, foram reativadas 38 salas de vacinação, 16 postos de coletas de laboratórios das unidades de saúde, e 60% das salas de curativos, entre outras. Algumas equipes de saúde foram recompostas, oito unidades de saúde foram reformadas e outras seis, localizadas na sede e orla do município, estavam até o fim de agosto com obras em andamento.

“Os números mostram o quanto avançamos na Atenção Básica onde estão as Unidade Básicas de Saúde (UBS) e as Unidades de Saúde da Família (USF). Só em termos de consultas médicas, se compararmos com o mesmo período do ano passado, avançamos em quase 100%”, informou o secretário.

Na audiência, o vereador Sessé Abreu (PSDB) sinalizou sua pretensão de indicar ao Executivo a implantação do “Doutor Buzu”, atendimento itinerante que consiste em levar às localidades mais distantes e carentes do município serviços médicos especializados. “Devemos avançar na assistência aos moradores da zona rural, que têm dificuldade de se deslocar para as unidades de saúde do município”, disse o parlamentar, presidente da Comissão de Saúde da Câmara.


Na ocasião, Dentinho do Sindicato (PT) indagou quais tipos de exames médicos estão disponíveis na orla de Camaçari. O secretário Natan informou que a proposta do governo municipal é criar distritos sanitários, que ofereçam todos os tipos de exames já disponíveis na sede do município.  

A audiência foi conduzida conforme orientações previstas em lei, que prezam a transparência, visibilidade, fiscalização, avaliação e controle.

Ascom/CMC

Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias