Jovem é perseguido e morto a facadas em Simões Filho

setembro 04, 2017


Um jovem foi perseguido e morto a facadas na noite deste último domingo (3/9), no  Bairro Luiz Eduardo Magalhães, conhecido popularmente como Barreiro, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O crime aconteceu por volta das 23h, na Rua Turquia.

De acordo com informações que estão sendo apuradas pela Polícia Civil, o jovem identificado como Lucas de Santana Moreira, conhecido na região como “Mistão”, 19 anos, estava em via pública quando percebeu a aproximação dos assassinos. A vítima tentou fugir pelas ruas do bairro, mas acabou sendo contido pelos suspeitos. Lucas foi atingido por golpes de faca.

Pessoas da comunidade contaram que ouviram os gritos da vítima. “Quando saímos encontramos o jovem caído com as roupas ensanguentadas. Disseram que ele não tinha mais batimentos cardíacos e jogaram o lençol em cima dele. Em questão de minutos a viatura chegou, e prestou socorro para uma unidade de saúde”, relatou uma testemunha.

Segundo a PM, policiais da 22ª  Companhia Independente de Policia Militar (CIPM), deslocaram para o local e verificaram que o jovem caído ao solo ainda estava com sinais vitais. A guarnição prestou o socorro, a pedido do avô e demais familiares, para o Hospital Municipal de Simões Filho onde foi constatado o óbito após sua entrada na emergência.

Informações que ainda estão sendo apuradas pela polícia dão conta de que, antes do crime, o jovem teria se envolvido em uma briga durante a Parada Gay realizada neste domingo no município. No entanto, ainda não se sabe se crime tem relação com a confusão.

Pouco tempo após o assassinato, no Facebook, vários amigos de Lucas Moreira mudaram as fotos dos perfis para um sinal de luto e, segundo relatos, familiares do jovem estão inconsoláveis. Aos poucos, os amigos do jovem deixam mensagens de despedida no perfil do jovem no Facebook. “Mesmo sabendo que um dia a vida acaba, a gente nunca está preparado para perder alguém. Vai com Deus Lucas”, postou uma amiga.

Apaixonado pelo Esporte Clube Vitória, o jovem fazia parte da torcida organizada Os Imbatíveis. O fato foi informado ao Departamento de Polícia Técnica, que removeu o corpo para o Instituto Médico Legal, onde será necropsiado e em seguida liberado aos familiares para velório e sepultamento em Simões Filho.

Os policiais civis colheram todas as informações pertinentes ao fato, objetivando encontrar a autoria e motivação do assassinato. Um inquérito policial será instaurado para investigar o crime.

Aratu Online



Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias