Responsive Ad Slot

Linha Verde: 1.605 motoristas são multados por excesso de velocidade em 46 horas

julho 24, 2017

Foto: Alberto Maraux

Entre as 14h de sexta-feira (21) e 16h de domingo (23), 1.605 motoristas foram flagrados por dois radares móveis dirigindo acima da velocidade permitida na BA-099, a Linha Verde. O comandante do 2º Pelotão da 1ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), tenente Rafael Nabuco, que coordenou as equipes, disse que o número é mais que o dobro da média. "Em um final de semana comum, no máximo são 600 autuações. Nesse foram 1.605 com apenas dois radares instalados", explica. 

Nabuco ressalta que alguns motoristas chegaram a trafegar com o dobro da velocidade permitida. “Tem um trecho da via, sentido Arembepe, que a velocidade máxima permitida é de 60 km/h, mas o radar flagrou uma velocidade de 120 km/h, o dobro da velocidade permitida”, explica Nabuco.

O motorista que excede a velocidade em até 20% comete infração média e é multado em R$ 85 e leva 4 pontos na carteira. Já quem excede a velocidade entre 20% e 50% do permitido na via comete infração grave, paga multa de R$ 127 e registra cinco pontos na carteira. Já quem excede a velocidade acima dos 50% comete infração gravíssima, é multado em R$ 574, e recebe sete pontos na carteira, que é apreendida, e tem suspenso o direito de dirigir. 


Esse foi o primeiro final de semana da operação Paz nas Rodovias. Militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) espalharam as viaturas em pontos estratégicos e fizeram abordagens a veículos, checando documentação, realizando revistas, além da utilização do etilômetro e radar móvel. A partir do próximo final de semana a ação será itinerante.

Durante a operação no Litoral Norte, um homem foi conduzido para a 26ª Delegacia (Vilas de Abrantes), após ser flagrado no teste de alcoolemia. Outro condutor se recusou a assoprar o equipamento, teve a Carteira Nacional de Habilitação recolhida e multa aplicada. Seis veículos foram retidos por irregularidades nos itens de segurança e problemas com a documentação.

Engarrafamento
Neste domingo (23), por conta de obras na altura da ponte do rio Jaguaribe, houve um engarrafamento, que travou a rodovia -  o trecho entre Guarajuba e Salvador chegou a ser percorrido em quatro horas no final da tarde. A Concessionária Litoral Norte (CLN), que administra a via, foi procurada mas até a publicação desta reportagem não se posicionou sobre o engarrafamento nem sobre as ações educativas que desenvolve por conta do excesso de velocidade.

Com informações do Correio

Outras Notícias
© Todos os direitos reservados
Camaçari em Foco Notícias