CADÚNICO: Beneficiários devem fazer recadastramento

Nenhum comentário

Os cerca de 43 mil beneficiários de Camaçari do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) precisam realizar o recadastramento para garantir a continuidade dos auxílios do governo federal, como o bolsa família. O procedimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na sede do Programa Bolsa Família, que está localizada na Rua Dois de Julho, s/nº, Centro.

O recadastramento acontece desde janeiro e é contínuo. Os beneficiários precisam fazer a atualização a cada dois anos, a partir da data de admissão ou do último recadastramento. Para isso, é necessário apresentar os documentos de identidade, CPF, carteira de trabalho, título de eleitor e comprovante de residência.


Diariamente são realizados cerca de 120 atendimentos que precisam ser agendados. Para os moradores da sede a marcação acontece, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na sede do Programa Bolsa Família, já para quem reside na orla, é pelo telefone (71) 3621-4714.

É através do cadastro que as pessoas têm acesso a programas, como Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida, isenção do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e descontos em contas de água e luz, a depender do perfil. O CadÚnico é um instrumento de coleta de dados e informações com o objetivo de identificar todas as famílias de baixa renda existentes no país, sem o qual não existe nenhum benefício social.

A gerente do Cadastro Único/Programa Bolsa Família, Iracema Costa,faz uma orientação ao responsável familiar. “Quem já completou dois anos e está no período do recadastramento deve realizar logo o agendamento para atendimento e não esperar o informativo, pois a não atualização pode gerar bloqueio, suspensão ou até cancelamento do benefício. Reforço ainda que é preciso conscientizar as pessoas do quanto é importante manter o CadÚnico atualizado, porque ele é a porta de entrada para todos os benefícios sociais dos governos federal e municipal”.







Nenhum comentário

Postar um comentário