Após 14 dias internado em Salvador, cantor Tony Salles tem alta, diz hospital

julho 24, 2017

Foto: Reprodução/Intagram


O cantor Tony Salles, do grupo Parangolé, recebeu alta do Hospital Aliança, em Salvador, nesta segunda-feira (24), 14 dias depois ser internado na unidade de saúde, com diagnóstico de malária. O cantor foi liberado após ser curado da doença e se recuperar de uma cirurgia realizada em decorrência de complicações provocadas pela malária. A informação foi passada pela assessoria do hospital. Até a publicação desta reportagem, o artista não havia deixado o hospital.

Segundo a assessoria de Tony Salles, o cantor aguarda um relatório médico para sair da unidade de saúde. O documento deve ter orientações sobre como o artista deve manter os cuidados pós internação. Ainda não há informações sobre a retomada da agenda de shows da banda Parangolé.


Em uma rede social, pouco antes de receber alta, o cantor comemorou a recuperação ao postar uma foto feita dentro da unidade de saúde. "Toda minha família foi fundamental nesse momento, com todas orações e força que me deram. Tive a minha mãe amada, irmã "Gisele" e minha esposa, mulher guerreira, que não desgrudaram de mim em nenhum momento. Amo todos vocês. Obrigado a minha Banda amada e aos meus empresários Marcelo Brito e Kito por todo apoio e força que me deram todo esse tempo. Quero terminar esse texto dizendo que não passamos por nenhum sacrifício à toa, tudo tem um propósito, e que hoje eu venci essa luta pela glória de Deus", disse.

Recuperação
O cantor é considerado curado da malária desde o dia 19 de julho. A informação foi divulgada pelo hospital em um boletim médico e foi confirmada pelo infectologista que cuidava de Tony, Adriano Silva. Segundo ele, os últimos exames realizados no cantor não mostram a presença dos protozoários que causam a doença.
"Todos os indícios mostram que ele está curado. Ele não apresenta mais febre, não apresenta mais dor, tudo que é considerado quadro clínico de malária. No entanto, testes precisam ser repetidos nas próximas semanas, para confirmar a ausência definitiva do protozoário", contou o infectologista.

Diagnóstico
Tony Salles foi internado no dia 10 de julho, após voltar de uma viagem à África. Um relatório médico divulgado pela assessoria do hospital, logo depois da internação, confirmou o diagnóstico de malária.

Conforme a assessoria do Parangolé, o grupo fez um show na Guiné Equatorial em 25 de junho. Foi a primeira apresentação da banda no continente africano. Depois disso, o artista se sentiu mal e apresentou os sintomas da doença. Segundo o hospital, o cantor teve febre e dor de cabeça, três dias antes de dar entrada na unidade de saúde.

Devido à doença, a agenda de shows do Parangolé prevista para o último fim de semana foi cancelada. O grupo tinha apresentações marcadas nas cidades mineiras de Santa Maria do Suaçui, no sábado (15), e em Pedra Azul, no domingo (16).

Malária
A malária é uma doença infecciosa que provoca febre aguda, causada por protozoários, transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles. A doença tem cura se for tratada em tempo e da forma adequada.

A maioria dos casos de malária se concentra na região Amazônica (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins), área endêmica para a doença. Nas demais regiões, apesar das poucas notificações, a doença não pode ser negligenciada, pois se observa uma letalidade mais elevada que na região endêmica.

G1

Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias