Turista morre após passar mal em 'rave' em Vila de Abrantes

junho 06, 2017



Um turista de São Paulo, de 34 anos, morreu após passar mal em uma festa eletrônica, popularmente conhecida como "rave", em Vila de Abrantes, Camaçari. O caso aconteceu na madrugada de domingo (4). A Polícia Civil investiga as causas da morte.

De acordo com a delegada de Abrantes, Maria Daniele Monteiro, o homem chegou a ser socorrido para o Hospital Geral Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, por um primo que o acompanhava na festa. Ele sofreu parada respiratória e, mesmo com as tentativas de reanimação, não resistiu.

Ainda conforme a delegada, a vítima apresentava sangramento intenso nas vias respiratórias. Conforme a polícia, o primo da vítima, que mora em Salvador, deve ser ouvido. Até a publicação desta reportagem, ele não havia prestado depoimento.

O corpo do rapaz foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, e liberado na segunda-feira (5) para Osasco, em São Paulo. Conforme o órgão, a causa da morte será apontada em um laudo que tem o prazo de 30 dias para ficar pronto.

Batizada de "Aurora", a festa eletrônica é realizada todos os anos em propriedade particular de Vila de Abrantes. Essa foi a 15ª edição do evento, que conforme divulgação na rede social oficial, tinha capacidade para receber 4 mil pessoas. Os ingressos foram vendidos a R$ 100 (último lote).

A prefeitura de Camaçari informou que a organização da festa não precisava de autorização para realização do evento, por se tratar de uma festa em área privada. As Polícias Civil e Militar também informaram que não tinham conhecimento da realização do evento.


Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias