Fillippe Soutto é apresentado no Leão e se diz um 'bom organizador do jogo'

Nenhum comentário
Foto: Maurícia da Matta/EC Vitória

A apresentação pegou todos de surpresa. Nesta sexta-feira (2), o técnico Petkovic era aguardado para dar entrevista, mas apareceu de camisa social e começou o discurso como diretor de futebol. “Decidimos apresentar o nosso novo reforço hoje”.

Revelado pelo Atlético Mineiro em 2012, Fillipe Soutto, de 26 anos, foi apresentado. O volante, que disputou o Campeonato Paulista pelo Red Bull Brasil, chega para suprir uma carência latente no elenco rubro-negro. “Vou contratar nas posições que eu detectei que eram mais carentes. No momento, no elenco, não temos nenhum segundo volante. O René (Santos, zagueiro) faz a posição, mas não é de origem natural dele. Tenho José Welison machucado, Ramires machucado, então essa contratação foi pontual. Um meia clássico, que possa fazer o segundo volante, terceiro homem, preciso de um meia, esse meia vai chegar”, explicou.

Para quem ainda não conhece o reforço, ele mesmo faz questão de se apresenta. “Sou um jogador que atuo como segundo volante, ou terceiro homem de meio, preferencialmente como segundo volante. Acredito ser um bom organizador de jogo, um jogador que dá um equilíbrio para o time, que inicia as jogadas, que dá uma organização que todo time precisa para chegar bem ao ataque”, avaliou Soutto.

Com passagens também por Vasco, Náutico, Linense, Londrina e Joinville, onde conquistou a Série B em 2014,, Fillipe já conhece parte do elenco, o que deve facilitar a sua adaptação à Toca do Leão. “Recentemente eu estive com o Thallyson lá no RB Brasil. Joguei durante um tempo mais longo com o Patric no Atlético-MG. É até um amigo pessoal. Outros jogadores eu conheço por jogar contra, essa adaptação acho que vai ser mais fácil justamente por isso”, concluiu.

Sem jogar desde o dia 15 de abril, o volante atuou em 15 jogos do Paulistão pelo RB Brasil e marcou um gol. 

Correio

Nenhum comentário

Postar um comentário