Após 5 meses, Cidade do Saber retoma as atividades educativas

junho 04, 2017

Foto: Marina Silva

O retorno às atividades educativas da Cidade do Saber (CDS), que ocorre na segunda-feira (5/6), das 9h às 11h, será marcado por uma manhã cheia de atividades lúdicas. Acolhidos pela Fanfarra Estudantil de Camaçari (Fanesc), os alunos encontrarão por toda estrutura apresentações artísticas de modalidades esportivas e culturais. A ação marca um novo momento do complexo, que agora é gerido pela Prefeitura de Camaçari.    


Mesmo com as apresentações, as aulas acorrerão normalmente. Na segunda-feira será o primeiro dia de aula dos inscritos nos cursos de boxe, ginástica rítmica, futsal, basquete, futebol de campo, dança de salão, capoeira regional, bateria, percussão e ballet (turmas segunda e quarta).

Na terça-feira (6/6) será a vez dos matriculados no judô, karatê, capoeira, vôlei, natação adulto e de escolinha (turmas terça e quinta), dança contemporânea, teatro adolescente e adulto, canto, canto e coral, violão e ballet (segunda e quarta). Para o dia 7 de junho são esperados os alunos de jiu jitsu, natação escolinha (quarta e sexta) e hidroginástica.

No total, já são 1821 alunos matriculados e distribuídos em 133 turmas de 24 cursos, entre esportivos e culturais. A segunda-feira também será marcada pela abertura de inscrições para novas atividades. Serão disponibilizadas, através de parceria de cooperação técnica com o Rotary Club Internacional de Camaçari, mais 940 vagas para cursos nas áreas de comércio exterior, relações internacionais, produção e gestão de eventos e inglês.

A AULA INAUGURAL

O prefeito Antonio Elinaldo, marcará presença na aula inaugural. “Faço questão de devolver ao povo de Camaçari, a Cidade do saber, que agora, de fato, vai beneficiar as pessoas da cidade e terá uma gestão democrática e transparente, feita pela Prefeitura”, esclarece o gestor que vê no projeto a oportunidade de proporcionar mais qualidade de vida aos jovens oferecendo esporte, lazer e cultura, mantendo-os longe da criminalidade.

Em sua ida à instituição, após breve fala, o prefeito acompanhará as apresentações artísticas na parte térrea do prédio de cursos, com encenações de teatro e dança, visitará o ginásio esportivo, que se transformará numa vila olímpica com ginastas simulando competições. Na área verde da Cidade do Saber, duas arenas esportivas, uma de futebol e outra de lutas marciais como boxe, judô e capoeira, também serão visitadas pelo chefe do executivo.

A orquestra Pró-sinfônica também fará parte dos atrativos da aula inaugural. Os músicos tocarão o hino de Camaçari e farão um “pocket show” (curta apresentação). Para deixar o cenário ainda mais bonito e ressaltando a importância da literatura, as árvores serão decoradas com poemas de escritores do município.

A INSTITUIÇÃO

Após cinco meses a Cidade do Saber retoma as atividades educativas. A notícia é muito comemorada pelo governo atual que por compreender a necessidade de oferecer uma gestão transparente, democrática e que zela dos recursos públicos, adotou uma série de medidas em relação à instituição, logo no início da gestão.

A primeira delas foi obtenção da autorização judicialmente para depositar os repasses que seriam destinados ao Instituto Professor Raimundo Pinheiro, que administrava a Cidade do Saber. A intervenção no programa foi o passo seguinte, assegurado por meio de decreto assinado pelo prefeito Antonio Elinaldo, no final de janeiro, por conta de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), na gestão de recursos repassados à instituição em governos passados.

Com o encerramento do contrato com o Instituto Raimundo Pinheiro no final de março, a Prefeitura de Camaçari passou a assumir o controle do programa Cidade do Saber de forma definitiva.

Ascom/PMC

Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias