Saúde: Regulação ultrapassa 418 mil marcações de procedimentos

Nenhum comentário


No período de 1º de janeiro a 16 de maio, a Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), já realizou mais de 418 mil marcações, entre consultas e exames. O número expressivo é resultado do esforço do prefeito Antônio Elinaldo para acabar com a demanda reprimida em decorrência do deficiente processo de marcação que ocorria na gestão passada, onde de outubro a dezembro a população não conseguia realizar marcação.

A descentralização da marcação foi o que garantiu esse avanço. O que antes só ocorria na Central Municipal de Regulação, atualmente é realizado em 27 unidades de saúde que foram informatizadas e utilizam o Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), um programa inteiramente gratuito do Ministério da Saúde. A regulação descentralizada iniciou em abril, em 18 unidades.

Mesmo com números significativos, a Sesau explica que ainda há muito por fazer e que tem o objetivo de estender a marcação para as 40 unidades de saúde de Camaçari, o que deve ser alcançado até julho, devido a problemas com queda de sistema proveniente de falhas na rede de conexão de dados. “Não temos como fazer tudo de vez, pois vivemos uma crise orçamentária sem precedentes, mas estamos fazendo o melhor dentro dessas limitações”, explica o secretário da pasta Elias Natan.

Das exatas 418.740 regulações, 1.114 foram de agendamento de radiografias, 6.258 ultrassonografias, 4.894 procedimentos, 104.950 sessões de fisioterapia, 539 ressonâncias, 212 tomografias, 255.818 exames laboratoriais, 11.418 consultas especializadas, 102 procedimentos cirúrgicos, 208 atendimentos em Salvador, 663 mulheres inclusas na lista única do Hospital da Mulher e 32.564 consultas e procedimentos autorizados.

Ascom/PMC

Nenhum comentário

Postar um comentário