Camaçari: Secretário da Fazenda faz prestação de contas do 1º quadrimestre do Executivo

Nenhum comentário

A Audiência Pública para mostrar a prestação de contas do Poder Executivo referente ao 1º quadrimestre de 2017 ocorreu na tarde desta segunda-feira (29), na Câmara Municipal. Coordenada pela Comissão de Finanças e Orçamento da Casa Legislativa, a audiência atendeu à Lei de Responsabilidade Fiscal e garantiu a transparência e o acesso às informações da gestão pública.

O secretário da Fazenda de Camaçari, Renato Almeida, apresentou os números referentes à receita e despesas do Executivo no período entre janeiro e abril. Segundo o gestor da pasta, as principais despesas do município foram com a educação (23,1%), saúde (20,8%), administração (14,8%), Previdência Social (12%), urbanismo (8,8%), entre outros setores.

Renato Almeida informou que a arrecadação total do primeiro quadrimestre foi R$ 70 milhões menor que o previsto no orçamento, obrigando-os a realizar ajustes para manter o equilíbrio financeiro da máquina. “Os gastos da prefeitura no primeiro quadrimestre deste ano foram 15% menores que as do primeiro quadrimestre do ano passado”, informou.

Durante sua explanação, o secretário disse ainda que o município “herdou” da gestão anterior uma dívida de R$ 10 milhões, conhecida como DEA (Despesas de Exercícios Anteriores), débitos deixados e não reconhecidos pela administração passada. “Na prática, estamos ‘matando’ o atual governo para honrar compromisso de outro governo. Não podemos permitir que esse tipo de coisa aconteça na administração pública. Isso compromete nas nossas ações presentes”, pontuou.

Para finalizar, Renato Almeida salientou que a crise econômica tem afetado todos os setores, provocando, com isso, a diminuição das transferências de recursos para as prefeituras. “Entretanto, nós conseguimos arrumar a casa desorganizada que herdamos e chegar a uma condição que nos permite pagar todos os compromissos da máquina, sem atrasos”, concluiu. 




Nenhum comentário

Postar um comentário