Estudantes continuam ocupando a Câmara Municipal em protesto a nova tarifa de ônibus

abril 24, 2017


Desde o fim da tarde da última quinta-feira (20), um grupo de estudantes ocupa a Câmara Municipal de Camaçari. O motivo do protesto é o aumento do valor na tarifa do transporte público que entrou em vigor no dia 10 de abril.

O movimento conta com estudantes das redes municipal e estadual, além de universitários do município e com o apoio da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). De acordo com um dos líderes do movimento, o aumento da tarifa e a má qualidade do serviço prestado pelo transporte público municipal são as principais reclamações.

Segundo o vereador Jackson Josué (PT), na noite de sexta-feira (21), ele e os vereadores Dentinho do Sindicato (PT), Zé do Pão (PTB) e Júnior Borges (DEM), além do superintendente de Trânsito e Transporte, Armando Yokoshiro, se reuniram com os estudantes, que aceitaram desocupar a Câmara na manhã de sábado (22). O acordo foi firmado após o prefeito Elinaldo se comprometer, via ligação telefônica, em receber os estudantes nesta segunda-feira (24) para discutir sobre o reajuste da tarifa do transporte público. Apesar disso, os estudantes seguem acampados na Câmara. “Ficamos sabendo, através das redes sociais, que os estudantes continuariam acampados, suspendendo o acordo firmado com os vereadores”, disse o parlamentar.

Já o vereador Júnior Borges informou, através das suas redes sociais, que a reunião entre o prefeito e os estudantes não tem data marcada, porém será realizada ainda nesta semana. “Conversamos com os estudantes e, durante o diálogo produtivo, ouvimos todas as suas reivindicações. Com isso, conseguimos o compromisso com o prefeito para sentar junto com uma comissão de estudantes e vereadores a fim de discutir o assunto”, afirmou.

Segundo a Prefeitura Municipal de Camaçari, por conta do descumprimento do acordo, a reunião que seria realizada nesta segunda-feira foi suspensa.

A presença dos estudantes não interrompeu o expediente dos funcionários da Câmara, porém, por conta da ocupação, não houve atendimento ao público.



Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias