Camaçari: Presidente da Câmara discute sobre serviços de acolhimento a dependentes químicos

abril 18, 2017


A convite do Corregedor-Geral da Justiça, Dr. Osvaldo Bomfim, o presidente da Câmara Municipal de Camaçari, vereador Oziel (PSDB), participou de uma reunião, na manhã desta segunda-feira (17), no Tribunal de Justiça da Bahia, para discutir políticas públicas voltadas para a infância e juventude, em especial para menores usuários de substâncias psicoativas.

Além de representantes dos Poderes Legislativos e Executivos de municípios como Salvador, Camaçari, Lauro de Freitas e Simões Filho, o encontro contou com a presença de desembargadores, juízes, representantes da Secretaria da Justiça, do Ministério Público, da Defensoria Pública, OAB, Secretaria da Segurança Pública, Polícia Militar e Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac).

As autoridades discutiram sobre serviços de acolhimento de crianças e adolescentes implantados nos municípios, a exemplo do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS), que dá atenção integral e continuada às pessoas dependentes do uso de álcool, crack e outras drogas. Apesar de ter um público significativamente de adultos, o CAPS atende também crianças e adolescentes, desde que observadas as orientações do Estatuto que o representa, o ECA. Ainda em pauta o trabalho desenvolvido pela Fundação Dr. Jesus, Centro de Recuperação de Dependência Química localizado no município de Candeias, o qual recebeu uma inspeção do Ministério Público.

Atento às necessidades dos jovens e seus familiares que procuram auxílio para enfrentar a dependência química, o presidente da Câmara de Camaçari informou que o Legislativo tem disponibilizado uma atenção especial a este tema, promovendo atividades para discutir políticas públicas para este grupo. “Recentemente, a Câmara promoveu uma audiência pública junto ao Conselho Tutelar do Município e debateu, entre outros assuntos, a necessidade de instalar um centro de acolhimento de crianças e adolescentes usuários de drogas”, disse o vereador.

Oziel e alguns ocupantes da Mesa foram convidados para uma nova reunião, que será realizada no dia 8 de maio. A pauta irá discutir serviços de acolhimento, sua regionalização e ações integradas entre prefeituras e estado. “No próximo encontro, vamos debater propostas e sugestões para que possamos materializá-las”, finalizou o Corregedor-Geral da Justiça, Dr. Osvaldo Bomfim.




Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias