SEDUC faz parceria com SENAI para fortalecer ações de inclusão em Camaçari

fevereiro 15, 2017


A Prefeitura, por meio da Secretaria da Educação (Seduc), participa de mais uma iniciativa que visa promover e incluir social e economicamente pessoas com deficiência. Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI)/ Escola Ítalo Bologna, a secretaria está apoiando a realização em Camaçari do Programa SENAI de Inclusão de Pessoas com Deficiência no Mercado de Trabalho, com ações de Educação Profissional.


O programa de formação busca promover o acesso e inclusão das pessoas com deficiência nos cursos profissionalizantes, qualificando-as para enfrentar as exigências das novas relações de emprego e trabalho, fundamentado no princípio do direito ao exercício da cidadania.

O cadastramento das pessoas com deficiência para os cursos de qualificação profissional está acontecendo no Centro de Referência à Inclusão Escolar (CRIE), na Rua Francisco Drumond, 48, Centro. Para efetivar o cadastramento a pessoa com deficiência (auditiva, visual, baixa visão, visão monocular, intelectual, física e os reabilitados) deve ter idade a partir dos 14 anos e levar cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, laudo médico, comprovante de residência e comprovante de escolaridade.

Para a Seduc a parceria é mais do que bem vinda, pois vem para reforçar as ações de inclusão que são realizadas pela administração municipal, além de promover mais oportunidades em todos os âmbitos da vida das pessoas com deficiência. De acordo com os dados da secretaria, atualmente o Município possui cerca de 200 pessoas com deficiência, com idade a partir de 14 anos, que estudam na rede municipal de ensino e que poderão ingressar no programa. Sem falar nas que frequentam instituições como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Camaçari e a Associação Pestalozzi de Camaçari.

A oferta dos tipos de cursos vai depender da demanda dos interessados. Provavelmente, devem ser na área administrativa, logística e informática. Iniciado ontem (13/02), o procedimento vai até o dia 10 de março, seguindo um cronograma de data e horário. No primeiro dia mais de 20 pessoas compareceram interessadas em participar da iniciativa.

Sem qualificação profissional e com deficiência visual no olho esquerdo, Janete Simões, 43 anos, moradora do bairro Verdes Horizontes, relatou que esta é a primeira vez que participará de um programa de formação voltado para as limitações que possui. “Estou muito entusiasmada em poder me qualificar e ter a probabilidade de ser inserida no mercado de trabalho mesmo com as restrições físicas que possuo”.

Ao se cadastrar o candidato passa por uma avaliação diagnóstica, com objetivo de identificar limitações, área de preferência, grau de instrução e escolaridade, disponibilidade de horário, dentre outros itens. A pessoa com deficiência será inserida nas turmas com os demais alunos, proporcionando a todos o aprendizado diário por meio da convivência com as diferenças e com a superação dos limites.

CRONOGRAMA

14 a 16/02 – das 8h às 16h

17/02 - das 8h às 16h

21 a 23/02 – das 8h às 16h

24/02 – das 8h às 12h

06/03 – das 13h às 16h

07 a 09/03 – das 8h às 16h

10/03 – das 8h às 12h
Outras Notícias
© Improta e Andrade Comunicação LTDA
Camaçari em Foco Notícias