Responsive Ad Slot

Teori pediu investigação por ameaças, mas PF descartou risco

janeiro 23, 2017


O advogado Francisco Zavascki,filho do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, afirmou que a Polícia Federal investigou uma série de ameaças recebidas pelo magistrado e por sua família desde o ano passado.


O ministro morreu na tarde da última quinta-feira (19), após a queda de um avião bimotor em Paraty (RJ). A entrevista foi concedida ao programa 'Fantástico' de domingo (22).

Francisco disse, ainda, que o pai estava apreensivo por homologar as delações de 77 executivos da Odebrecht. O ministro estava analisando os processos mesmo durante o recesso.

Em nota à reportagem, a Polícia Federal informou que “todas as ocorrências foram analisadas e concluiu-se que nenhuma delas apresentava risco real à segurança do ministro”.

Durante a entrevista, o advogado também revelou como foi o último encontro com o pai, em Porto Alegre.

"Ele estava trabalhando e veio me visitar na quarta-feira à tarde (dia 18). A gente conversou longamente sobre muitos e muitos assuntos. Ele se mostrou muito preocupado: “Olha acho que 2017 vai ser muito mais complicado que 2016”... Eu vi uma apreensão muito grande dele em relação ao que ele já tinha analisado das delações, o que tinha lá dentro e uma preocupação de como o país e as instituições iriam reagir à divulgação desses depoimentos", disse Francisco.

Notícias ao Minuto

Outras Notícias
© Todos os direitos reservados
Camaçari em Foco Notícias